quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A salvar casamentos desde 1982


Aqui há uns dias, estava eu entretido na estação de metro da Baixa-Chiado, quando chega um casal de simpáticos espanhóis ao pé de mim para me pedir indicações.
A senhora, toda afoita, fazendo sinal ao marido para ele a deixar falar, olha para mim sorridente, e pergunta-me do alto do seu portunhol:
"Pór fabór, qual és a mélhór estaçau para a Sé de Lischeboa?"
Ora bem. Se fossem portugueses a perguntar, eu diria simplesmente: "Olha, não sei. Tens ali um mapa do metro na parede onde podes tirar essa dúvida." Como eram estrangeiros, espanhóis, no caso, e a esforçarem-se por falar português, resolvi ficar uns segundos em silêncio, como se estivesse a pensar. Quando achei que já tinha passado o tempo suficiente para eles me acharem um verdadeiro expert da cidade de Lisboa, respondi:
"É esta. Saem e vão a pé."
Na altura quis acreditar nisso mas a forma como a mulher olhou para o marido deu-me logo a entender que tinha dado a resposta errada. A senhora olhou instintivamente para o marido que lhe fez um olhar, do género eu-avisei-te-que-tipos-a-fazer-desenhinhos-são-uns-cromos-do-caraças-mas-tu-foste-teimosa... Ela devolveu-lhe um olhar eu-nunca-disse-que-ele-não-era-cromo-mas-vais-ver-que-ele-sabe e, virou-se para mim, com um olhar ajuda-me-por-favor-se-não-vou-perder-a-razão-e-eu-detesto-perder-a-razão, e perguntou mais uma vez:
"Más nós parécé que debe de haber una más cerca!"
Ciente da responsabilidade da minha resposta na vida conjugal daquele casal, respirei fundo. Não queria repetir a burrice da primeira resposta em que só tinha estado 5 segundos em silêncio, quando, claramente, um especialista na matéria aguarda pelo menos 7 antes de responder. Após esse tempo, empinei o nariz e perguntei-lhe:
"Tem algum mapa da cidade?"
A mulher, revigorada com a pergunta, sacou do mapa de imediato e pô-lo à minha frente. O mapa era muito completo e até tinha as linhas desenhadas. Era só procurar a Sé e a estação que estivesse desenhada o mais perto possível. Ainda pensei responder "Chiça, então nem mapas sabem ver? E depois o cromo sou eu. Sim, sim, que eu bem vos ouvi a pensar..." mas, nesta altura havia já um casamento em causa e, com os sentimentos dos outros eu não brinco.
Mais 7 segundos volvidos e respondi:
"É a do Terreiro do Paço."

3 comentários:

  1. Então afinal puseste-te a mangar com os senhores? Tchhh ;)

    http://simaoescuta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Os senhores estavam desorientados e precisavam de algum aconselhamento profissional. E quando alguém precisa de mim, eu estou lá! Abraço :D

    ResponderEliminar
  3. Que tenhas uma excelente sexta-feira 13, sendo um fantástico início do fim-de-semana! :D
    Beijos *

    ResponderEliminar