segunda-feira, 24 de junho de 2013

Agora, até de olhos fechados


Depois de algumas semanas a procurar um substituto em 2ª mão para o meu Nokia (que preferiu ir no tabuleiro do MacDonalds do que voltar comigo para casa) nos Olx e ebays desta vida, tive a sorte de um amigo meu me vender um que já não precisava. E digo sorte porque nesses sites só se encontram telemóveis quase ao preço deles em 1ª mão. A malta enche-os de valor afectivo e depois é o que dá.
Quando me chegou às mãos, tratei logo de o configurar à minha maneira - a data, as horas, as aplicações no ecrã, a foto da Maria no ambiente de trabalho, os toques até que, ao configurar a conta de email, não consegui eliminar o registo de utilizador do anterior dono que ainda lá estava.
Como toda a gente sabe, ler o livro de instruções de qualquer electrodoméstico reduz o tamanho do órgão sexual masculino, por isso, com medo de retaliações da Maria, só tive uma opção - experimentar todas as funções do telemóvel até que alguma libertasse a gaita do registo anterior da conta de mail.
Procurei, procurei, procurei até que encontrei a função "Repor desktop". Era aquilo. Só podia ser. A única dúvida era - repor o desktop como ele era quando? Como não consegui encontrar uma resposta, percebi logo que isso não podia ser importante. Tinha a certeza que aquilo me resolvia o problema do registo da conta de mail, e isso é que importava.
É verdade que o telemóvel me perguntou se queria mesmo avançar com aquilo porque depois de aceitar não haveria volta a dar, mas tanto preciosismo já me começava a irritar. Eu só queria resolver o problema do registo.
Cliquei para seguir em frente e.. resolvi o problema. Fiquei mesmo orgulhoso de mim. Demorei foi um bocadito a perceber que o tinha resolvido. É que Coreano não é o meu forte. Quer dizer, se era Coreano ou Chinês não sei. Uma coisa é certa - era uma língua qualquer inventada por um miúdo de 2 anos.
Mas lá que foi uma tarde de Domingo bem divertida a descobrir como o voltar a pôr em português, lá isso foi. Graças a isso, devo ser das poucas pessoas no mundo que sabem trabalhar com telemóveis de olhos fechados.

5 comentários:

  1. Pena não t puder ajudar porque Coreano também não é o meu forte. :P

    ResponderEliminar
  2. Aprecio muito o seu blog. Todos os dias tenho visitado o mesmo e delicio-me com os seus posts. Espero que continue com o bom trabalho.

    Cumprimentos

    Margarida Fonseca Dias

    www.europeanemaildatabases.com

    ResponderEliminar
  3. Clara, podes crer!

    Sofia, Coreano agora é para miúdos. Já passei para o Vietnamita. :)

    Vespinha, com um final feliz!

    Margarida, obrigado!

    ResponderEliminar